A Estação Paleolítica da Praia da Aguda (Arcozelo, Vila Nova de Gaia). Notícia preliminar

Sérgio Monteiro-Rodrigues, António González

Resumo


A existência de materiais líticos paleolíticos no litoral do Porto e de Vila Nova de Gaia é conhecida, pelomenos, desde os finais do século XIX. A partir de 1987, trabalhos de prospecção neste último concelhoconduziram à descoberta do sítio do Cerro (freguesia da Madalena), escavado em 1989 e em 1992. Taisescavações permitiram a recolha de uma indústria técnica e tipologicamente conectável com o Acheulense.A estação paleolítica da Praia da Aguda (Arcozelo, Vila Nova de Gaia), agora apresentada, foi, porseu turno, identificada em 2004. Pouco depois da sua descoberta recolheram-se mais de uma centena deartefactos macrolíticos conectáveis com o Paleolítico Inferior (bifaces, machados de mão, núcleos, utensíliossobre lasca, etc.). Inicialmente, estes artefactos foram correlacionados com um depósito marinho,possivelmente de idade eemiana, existente na área dos achados. Porém, trabalhos de campo subsequentespermitiram constatar que essa correlação não é segura uma vez que os artefactos líticos detectados insitu surgem num depósito com caraterísticas diferentes das observadas na formação atribuída à últimainterglaciação. Na impossibilidade, até ao momento, de se proceder a uma caraterização sedimentológicado depósito onde ocorrem os artefactos e de se estabelecer qualquer correlação estratigráfica entre este ea praia fóssil do Eemiano, equacionam-se algumas hipóteses relativamente à génese do sítio arqueológicoe à sua cronologia relativa.

The existence of Palaeolithic stone tools on the coast of Porto and Vila Nova de Gaia has been knownfrom at least the late nineteenth century. In 1987, survey investigations in the latter municipality led tothe discovery of the site of Cerro (Madalena), excavated in 1989 and 1992. These excavations produceda collection of lithics that are techno-typologically related to the Acheulian. The Palaeolithic site of Praiada Aguda (Arcozelo), now published for the first time, was identified in 2004. Shortly after its discovery,more than one hundred macrolithic artefacts were found. The presence of hand-axes and cleavers suggestsa Lower Palaeolithic chronology. Initially, these artefacts were associated with a marine deposit,possibly of Eemian age, which was outcropping in the area of the site. However, subsequent fieldworkshowed that this correlation is not clear since the lithic artefacts that were found in situ were collectedfrom another deposit with features that differ from those observed in the Eemian deposit. So far it hasnot been possible to carry out a sedimentological characterisation of the deposit where the artefacts occur,nor to establish any stratigraphic correlation between this deposit and the Eemian fossil beach. Therefore,our main objective is to draft some hypotheses regarding the site formation processes and its relativechronology.


Texto Completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .


Os artigos publicados na revista Estudos do Quaternário são indexados nas seguintes bases de dados: