Moluscos em contextos arqueológicos portugueses: importância e estado da arte

  • Pedro M. Callapez
  • Ricardo Pimentel
  • Pedro A. Dinis
Keywords: Mollusca, Bivalvia, Gastropoda, Zooarqueologia, Portugal

Abstract

O estudo integrado conchas de moluscos presentes em sítios arqueológicos constitui um dos principais aspetos da Zooarqueologia. A abordagem metodológica dos contextos de campo e das amostragens recolhidas compreende vários tópicos interligados, incluindo a sistemática e taxonomia, a tafonomia, a análise estatística e biométrica, a paleoecologia de indivíduos, populações e paleocomunidades e a análise paleobiogeográfica e paleoclimática, para além de outros relacionados com a intervenção humana, incluindo o consumo e a economia alimentares, e a utilização como utensílios e adornos. No decurso das últimas duas décadas, estes aspetos têm vindo a ser progressivamente implementados no estudo interdisciplinar de contextos arqueológicos portugueses de diferentes idades, revelando a importância emergente das análises integradas e transversais, fruto de uma colaboração mais ativa entre os arqueólogos e paleontólogos e biólogos interessados em faunas do Plistocénico e Holocénico.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2016-06-22
How to Cite
M. Callapez, P., Pimentel, R., & A. Dinis, P. (2016). Moluscos em contextos arqueológicos portugueses: importância e estado da arte. Estudos Do Quaternário / Quaternary Studies, (14), 60-72. https://doi.org/10.30893/eq.v0i14.122
Section
Articles