Terraços versus litostratigrafia e geocronologia do Plistocénico e do Holocénico da zona costeira do Minho (Portugal)

  • Gaspar Soares de Carvalho
  • Helena Granja
Keywords: Terraços, Litostratigrafia e geocronologia do Pleistocénico, Litoral do Minho

Abstract

Na zona costeira norte de Portugal (entre o rio Minho e o cabo Mondego) tem-se procedido a investigações acerca das suas formações plistocénicas c holocénicas, cujos resultados se tentam aplicar no estudo da sua evolução geomorfológica nos últimos milhares de anos.

Comparam-se resultados obtidos por uma metodologia que conduz à definição de vários terraços considerados marinhos, aos quais são atribuídas cotas supostamente significativas na sua caracterização, com os resultados baseados em princípios e regras da litostratigrafia. Controlados por datações absolutas (métodos do radiocarhono e da luminescência - OSL).

Através da última metodologia referida, foi possível estabelecer uma sucessão litostratigráfica, a evolução dos paleoambientes durante os últimos milhares de anos e a intervenção da neotectónica nessa mesma evolução, a partir da interpretação de cortes geológicos, de sondagens e dos resultados preliminares obtidos pela aplicação de prospecção geofísica.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
1997-12-21
How to Cite
Soares de Carvalho, G., & Granja, H. (1997). Terraços versus litostratigrafia e geocronologia do Plistocénico e do Holocénico da zona costeira do Minho (Portugal). Estudos Do Quaternário / Quaternary Studies, (1), 25-40. https://doi.org/10.30893/eq.v0i1.4
Section
Articles